Telefone:
(54)3231-7000
E-mail:
hnso@hnso.com.br
Hemodiálise
A saúde dos rins

O Hospital Nossa da Oliveira possui um setor exclusivo para cuidar dos pacientes com doenças renais crônicas. É o setor de nefrologia, também conhecido como hemodiálise, prestador de assitência de alta complexidade.
O setor de nefrologia tem estrutura própria, moderna e bem equipada. Conta com o atendimento de dois médicos nefrologistas e equipe de enfermagem especializada. Vinte profissionais atuam neste setor do hospital.


Consultas | Procedimentos | Tratamentos

Aqui são realizadas consultas médicas, procedimentos(colocação de fístulas, catéteres) e tratamentos (diálise peritoneal ou hemodiálise) em pacientes com insuficiência renal crônica e insuficiência renal aguda.
Com 24 anos de experiência, o setor de nefrologia atende a um número crescente de pacientes de Vacaria e região. Quando foi fundado, em 1991, atendia apenas 02 pacientes. Hoje, são quase 80, chegando a sua capacidade máxima. Cada paciente faz 04 horas de sessão de hemodiálise, três vezes por semana.


Breve histórico

1991: Setor de hemodiálise é inaugurado. O doutor Airto Costanzi juntamente com a Direção do HNSO inscreveram projeto no Banco do Brasil para a conquista de equipamentos. O HNSO recebeu, assim, as duas primeiras máquinas de hemodiálise. Até hoje o médico integra a equipe de nefrologia do hospital, dividindo o cuidado aos pacientes com a doutora Lenise do Nascimento.
2005: Direção do HNSO inscreve projeto junto ao Ministério da Saúde e conquista 22 máquinas através de Emenda Parlamentar.
2013: HNSO inscreve projetos para conquista e reposição de equipamentos. Novas máquinas foram doadas pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul.


O que é a hemodiálise?

Hemodiálise é um procedimento através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue, ou seja, faz parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento libera o corpo dos resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos. Também controla a pressão arterial e ajuda o corpo a manter o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, uréia e creatinina.


Como funciona a hemodiálise?

A máquina recebe o sangue do paciente por um acesso vascular, que pode ser um cateter (tubo) ou uma fístula arteriovenosa, e depois é impulsionado por uma bomba até o filtro de diálise (dialisador). No dialisador o sangue é exposto à solução de diálise (dialisato) através de uma membrana semipermeável que retira o líquido e as toxinas em excesso e devolve o sangue limpo para o paciente pelo acesso vascular.

Fonte: Sociedade Brasileira de Nefrologia


© 2019 HNSO - Hospital Nossa Senhora da Oliveira