O HOSPITAL

O HOSPITAL

CONHEÇA VACARIA



Na década de 30, por iniciativa do então Vigário Frei Pacífico Bellevaux e Dr Tauphick Saadi, sob a responsabilidade das Irmãs da Congregação de São José, o Hospital Nossa Senhora da Oliveira iniciou suas atividades no dia 04 de maio de 1935. Na época, a necessidade que se apresentava, era de um local que proporcionasse condições de atendimento adequado aos pacientes da região.

Essa iniciativa favorecia aos doentes que até essa época eram atendidos em suas residências ou em uma fármacia. Caso necessitassem de cirurgia ou acompanhamento médico, permaneciam em um pequeno hotel, sendo atendidos até se restabelecerem e terem condições de retornar para suas residências.

A instituição recebeu o nome de "HOSPITAL NOSSA SENHORA DA OLIVEIRA" em honra a padroeira da Diocese de Vacaria. Na época, possuia dezessete peças distribuídas em doze quartos privativos, uma sala de cirurgias, uma sala de curativos e uma cozinha. Assim surgiu o Hospital, apesar de pequeno e simples, mas suficiente para as necessidades da época.

O Hospital Nossa Senhora da Oliveira cresceu e realizou uma caminhada histórica, marcada pela persistência e dedicação das Irmãs da Congregação, colaboradores, médicos e comunidade em geral. Além disso, os recursos obtidos foram aplicados na melhoria da infraestrutura funcional, na ampliação de área física, na aquisição de equipamentos e na manutenção dos mesmos, visando qualificar os serviços prestados pela instituição.

O Hospital Nossa Senhora da Oliveira foi mantido e administrado desde a sua fundação pelas Irmãs da Congregação de São José. Foram fundadoras; Ir. Maria José Curra - iniciadora das obras, Ir. Edwiges Anna Williers, Ir. Claricia, Ir. Albina e Ir. Valentina.

Como registro histórico, destaque para os primeiros médicos a constituírem o Corpo Clínico: Dr. Taufick Saadi, Dr. Homero Ribeiro, Dr. Antonio Dias, Sr Francisco Guerra, licenciado em farmácia, chamado "Pai dos Pobres".

O Hospital foi devidamente registrado no "Departamento Estadual de Saúde" (DESP), obtendo seu primeiro registro em maio de 1936, pelo Dr. Fábio de Barros.

Hoje, nossa instituição caracteriza-se como um centro regional, atendendo Vacaria e região tendo em sua estrutura 165 leitos ativos, um quadro funcional com 367 funcionários, um Corpo Clínico composto por 105 médicos responsáveis pelos serviços nas especialidades de: Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Cardiologia, Nefrologia, Ortopedia e traumatologia, Urologia, oftamologia, Oncologia, Cirurgia em Geral, Otorrinolaringologia, Cirurgia em Especialidades, Anestesiologia, Centro de tratamento Intensivo -UTI, Hemodiálise, Radiologia, Ultra-sonografia, Ecocardiograma, Mamografia e os serviços de apoio. Desde sua criação, muitos avanços e conquistas foram obtidos pelo Hospital. A continuidade dos serviços prestados à comunidade dependerá dos resultados obtidos, porém, buscamos nos adaptar às exigências das mudanças que ocorrem na sociedade como um todo. Inserida neste contexto, nossa Instituição busca o aperfeiçoamento dos talentos, novas tecnologias, novos serviços e equipamentos, melhora da estrutura e, principalmente, prestar um atendimento humanizado e de qualidade, servindo de modelo para as demais instituições de saúde.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

DICAS DE SAÚDE

CONVÊNIOS

ORIENTAÇÕES

CORPO CLÍNICO



PARACETAMOL, IBUPROFENO E DIPIRONA


Os medicamentos analgésicos/ antitérmicos e antiinflamatórios não esteroidais (AINEs) são os principais grupos farmacológicos utilizados na automedicação.

Paracetamol, Ibuprofeno e Dipirona são os três medicamentos isentos de prescrição mais consumidos pela população como automedicação. O que muita gente não sabe é que, se usado de forma inadequada eles podem causar sérios problemas à qualidade de vida do paciente.


CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS:

PARACETAMOL

* Se você ingeriu bebida alcoólica NÃO DEVE fazer uso de paracetamol devido ao potencial risco de toxicidade para o fígado.(Micromedex).

* Com relação ao uso de paracetamol na gestação: Este medicamento apenas deve ser utilizado durante a gravidez após uma avaliação médica cuidadosa do risco/beneficio do mesmo (Micromedex).

* A ingestão de altas doses de paracetamol pode causar intoxicação grave. Não ultrapassar 4g/dia

* O Paracetamol diminui sua concentração quando administrado com alimentos (Micromedex).

* É compatível com a amamentação.


Cuidado com o uso dos chás antigripais!

Os chás antigripais não são apenas chás, mas sim medicamentos! E como tal devem ser consumidos com cautela. Quanto ao efeito, é exatamente a mesma coisa tomar um envelope de Vick Pyrena ("chá Vick") ou um comprimido de paracetamol 500mg. O fato de ele ser "quentinho" só traz uma sensação de maior conforto.


DIPIRONA


· É contra indicada para pacientes idosos pois estes possuem o metabolismo mais lento e assim a dipirona pode causar efeitos tóxicos (SILVA, 1998).

· Pacientes com insuficiência renal e hepática hipertensão arterial, problemas cardíacos e gastrite não devem fazer uso deste fármaco (SILVA, 1998).

· Uso na gravidez: médico deve ser informado e considerar os possíveis riscos (FONCECA et al 2002).

· Reações de toxicidade mais comuns: hipersensibilidade cutânea, anafilaxia geralmente após uma hora de administração e crise de asma em pacientes asmáticos (VALE, 2006).

· O uso prolongado pode desencadear síndrome de Steven-Johnson ou síndrome de Lyell caracterizadas por reações cutâneas bolhosas com comprometimento da mucosa (VALE, 2006).


ATENÇÃO!!!!!!! NÃO DEVEM FAZER USO DE DIPIRONA!

- Pacientes com alergia à dipirona ou a qualquer componente de sua formulação (VALE, 2006).

- Crianças menores que três meses e com peso inferior a 5kg (VALLE, 2006).

- Pessoas que possuem insuficiência hepática e renal, haja visto o risco de overdose pois a eliminação do fármaco é mais lenta (VALLE,2006).

- Pacientes com histórico de distúrbio hematopoiético, agranulocitose, aplasia medular e trombocitopenia (VALLE, 2006).



IBUPROFENO

· O uso de Ibuprofeno na gravidez deve ser orientado pelo médico, pois apresenta riscos ao feto, desencadeando aborto espontâneo.

· Pode ser usado por mulheres em período de amamentação (Micromedex).

· O chá do fitoterápico Alcaçuz, através dos flavonóides presentes, reduz a irritação gástrica causada pelo ibuprofeno; já a associação de camomila e ibuprofeno provoca uma supressão da produção de prostaglandinas (SALVI, et al, 2008).

· Estudo realizado por CALADO, et al (2012), em crianças asmáticas com idade pediátrica, concluiu que o uso de AINEs, incluindo o ibuprofeno deve ser deve ser feito com cautela, tendo como fármaco de primeira escolha o paracetamol. Caso apareçam sintomas de alergia incluindo asma brônquica e outras manifestações importantes, deve-se procurar atendimento médico imediatamente.

· Não usar concomitantemente com bebida alcoólica.

· Torna-se necessário suspender, ou não iniciar, o uso de Ibuprofeno quando os efeitos gastrointestinais indesejáveis forem superiores aos benefícios e cuja morbidade comprometa a qualidade de vida (FUCHS et al, 1998).


Deisi Toniazzo
Farmacêutica
CRF 10095

Galeria de fotos


PARACETAMOL, IBUPROFENO E DIPIRONA


Os medicamentos analgésicos/ antitérmicos e antiinflamatórios não esteroidais (AINEs) são os principais grupos farmacológicos utilizados na automedicação.

Paracetamol, Ibuprofeno e Dipirona são os três medicamentos isentos de prescrição mais consumidos pela população como automedicação. O que muita gente não sabe é que, se usado de forma inadequada eles podem causar sérios problemas à qualidade de vida do paciente.


CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS:

PARACETAMOL

* Se você ingeriu bebida alcoólica NÃO DEVE fazer uso de paracetamol devido ao potencial risco de toxicidade para o fígado.(Micromedex).

* Com relação ao uso de paracetamol na gestação: Este medicamento apenas deve ser utilizado durante a gravidez após uma avaliação médica cuidadosa do risco/beneficio do mesmo (Micromedex).

* A ingestão de altas doses de paracetamol pode causar intoxicação grave. Não ultrapassar 4g/dia

* O Paracetamol diminui sua concentração quando administrado com alimentos (Micromedex).

* É compatível com a amamentação.


Cuidado com o uso dos chás antigripais!

Os chás antigripais não são apenas chás, mas sim medicamentos! E como tal devem ser consumidos com cautela. Quanto ao efeito, é exatamente a mesma coisa tomar um envelope de Vick Pyrena ("chá Vick") ou um comprimido de paracetamol 500mg. O fato de ele ser "quentinho" só traz uma sensação de maior conforto.


DIPIRONA


· É contra indicada para pacientes idosos pois estes possuem o metabolismo mais lento e assim a dipirona pode causar efeitos tóxicos (SILVA, 1998).

· Pacientes com insuficiência renal e hepática hipertensão arterial, problemas cardíacos e gastrite não devem fazer uso deste fármaco (SILVA, 1998).

· Uso na gravidez: médico deve ser informado e considerar os possíveis riscos (FONCECA et al 2002).

· Reações de toxicidade mais comuns: hipersensibilidade cutânea, anafilaxia geralmente após uma hora de administração e crise de asma em pacientes asmáticos (VALE, 2006).

· O uso prolongado pode desencadear síndrome de Steven-Johnson ou síndrome de Lyell caracterizadas por reações cutâneas bolhosas com comprometimento da mucosa (VALE, 2006).


ATENÇÃO!!!!!!! NÃO DEVEM FAZER USO DE DIPIRONA!

- Pacientes com alergia à dipirona ou a qualquer componente de sua formulação (VALE, 2006).

- Crianças menores que três meses e com peso inferior a 5kg (VALLE, 2006).

- Pessoas que possuem insuficiência hepática e renal, haja visto o risco de overdose pois a eliminação do fármaco é mais lenta (VALLE,2006).

- Pacientes com histórico de distúrbio hematopoiético, agranulocitose, aplasia medular e trombocitopenia (VALLE, 2006).



IBUPROFENO

· O uso de Ibuprofeno na gravidez deve ser orientado pelo médico, pois apresenta riscos ao feto, desencadeando aborto espontâneo.

· Pode ser usado por mulheres em período de amamentação (Micromedex).

· O chá do fitoterápico Alcaçuz, através dos flavonóides presentes, reduz a irritação gástrica causada pelo ibuprofeno; já a associação de camomila e ibuprofeno provoca uma supressão da produção de prostaglandinas (SALVI, et al, 2008).

· Estudo realizado por CALADO, et al (2012), em crianças asmáticas com idade pediátrica, concluiu que o uso de AINEs, incluindo o ibuprofeno deve ser deve ser feito com cautela, tendo como fármaco de primeira escolha o paracetamol. Caso apareçam sintomas de alergia incluindo asma brônquica e outras manifestações importantes, deve-se procurar atendimento médico imediatamente.

· Não usar concomitantemente com bebida alcoólica.

· Torna-se necessário suspender, ou não iniciar, o uso de Ibuprofeno quando os efeitos gastrointestinais indesejáveis forem superiores aos benefícios e cuja morbidade comprometa a qualidade de vida (FUCHS et al, 1998).


Deisi Toniazzo
Farmacêutica
CRF 10095

Galeria de fotos


PARACETAMOL, IBUPROFENO E DIPIRONA


Os medicamentos analgésicos/ antitérmicos e antiinflamatórios não esteroidais (AINEs) são os principais grupos farmacológicos utilizados na automedicação.

Paracetamol, Ibuprofeno e Dipirona são os três medicamentos isentos de prescrição mais consumidos pela população como automedicação. O que muita gente não sabe é que, se usado de forma inadequada eles podem causar sérios problemas à qualidade de vida do paciente.


CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS:

PARACETAMOL

* Se você ingeriu bebida alcoólica NÃO DEVE fazer uso de paracetamol devido ao potencial risco de toxicidade para o fígado.(Micromedex).

* Com relação ao uso de paracetamol na gestação: Este medicamento apenas deve ser utilizado durante a gravidez após uma avaliação médica cuidadosa do risco/beneficio do mesmo (Micromedex).

* A ingestão de altas doses de paracetamol pode causar intoxicação grave. Não ultrapassar 4g/dia

* O Paracetamol diminui sua concentração quando administrado com alimentos (Micromedex).

* É compatível com a amamentação.


Cuidado com o uso dos chás antigripais!

Os chás antigripais não são apenas chás, mas sim medicamentos! E como tal devem ser consumidos com cautela. Quanto ao efeito, é exatamente a mesma coisa tomar um envelope de Vick Pyrena ("chá Vick") ou um comprimido de paracetamol 500mg. O fato de ele ser "quentinho" só traz uma sensação de maior conforto.


DIPIRONA


· É contra indicada para pacientes idosos pois estes possuem o metabolismo mais lento e assim a dipirona pode causar efeitos tóxicos (SILVA, 1998).

· Pacientes com insuficiência renal e hepática hipertensão arterial, problemas cardíacos e gastrite não devem fazer uso deste fármaco (SILVA, 1998).

· Uso na gravidez: médico deve ser informado e considerar os possíveis riscos (FONCECA et al 2002).

· Reações de toxicidade mais comuns: hipersensibilidade cutânea, anafilaxia geralmente após uma hora de administração e crise de asma em pacientes asmáticos (VALE, 2006).

· O uso prolongado pode desencadear síndrome de Steven-Johnson ou síndrome de Lyell caracterizadas por reações cutâneas bolhosas com comprometimento da mucosa (VALE, 2006).


ATENÇÃO!!!!!!! NÃO DEVEM FAZER USO DE DIPIRONA!

- Pacientes com alergia à dipirona ou a qualquer componente de sua formulação (VALE, 2006).

- Crianças menores que três meses e com peso inferior a 5kg (VALLE, 2006).

- Pessoas que possuem insuficiência hepática e renal, haja visto o risco de overdose pois a eliminação do fármaco é mais lenta (VALLE,2006).

- Pacientes com histórico de distúrbio hematopoiético, agranulocitose, aplasia medular e trombocitopenia (VALLE, 2006).



IBUPROFENO

· O uso de Ibuprofeno na gravidez deve ser orientado pelo médico, pois apresenta riscos ao feto, desencadeando aborto espontâneo.

· Pode ser usado por mulheres em período de amamentação (Micromedex).

· O chá do fitoterápico Alcaçuz, através dos flavonóides presentes, reduz a irritação gástrica causada pelo ibuprofeno; já a associação de camomila e ibuprofeno provoca uma supressão da produção de prostaglandinas (SALVI, et al, 2008).

· Estudo realizado por CALADO, et al (2012), em crianças asmáticas com idade pediátrica, concluiu que o uso de AINEs, incluindo o ibuprofeno deve ser deve ser feito com cautela, tendo como fármaco de primeira escolha o paracetamol. Caso apareçam sintomas de alergia incluindo asma brônquica e outras manifestações importantes, deve-se procurar atendimento médico imediatamente.

· Não usar concomitantemente com bebida alcoólica.

· Torna-se necessário suspender, ou não iniciar, o uso de Ibuprofeno quando os efeitos gastrointestinais indesejáveis forem superiores aos benefícios e cuja morbidade comprometa a qualidade de vida (FUCHS et al, 1998).


Deisi Toniazzo
Farmacêutica
CRF 10095

Galeria de fotos


O QUE SÃO FILTROS SOLARES?


São substâncias que aplicadas sobre a pele protegem a mesma contra a ação dos raios ultravioleta (UV) do sol. Os filtros solares podem ser químicos (absorvem os raios UV) ou físicos (refletem os raios UV). É comum a associação de filtros químicos e físicos para se obter um filtro solar de FPS mais alto.

O que significa um filtro de amplo espectro?
Existem dois tipos de raios ultravioleta que podem danificar a pele: UVA e UVB. Um filtro solar de amplo espectro deverá proteger a sua pele dos dois tipos de radiação e são a melhor opção na hora de escolher o seu protetor solar.


O que é FPS?
FPS significa Fator de Proteção Solar. Todo filtro solar tem um número que determina o seu FPS, que pode variar de 2 a 100 (nos produtos comercializados no Brasil). O FPS mede a proteção contra os raios UVB, responsáveis pela queimadura solar, mas não medem a proteção contra os raios UVA.


O que significa o valor do FPS
A pele, quando exposta ao sol sem proteção, leva um determinado tempo para ficar vermelha. Quando se usa um filtro solar com FPS 15, por exemplo, a mesma pele leva 15 vezes mais tempo para ficar vermelha, se for usado um filtro com FPS 30, levará 30 vezes mais tempo para ficar vermelha, e assim por diante.


A partir do FPS 15 todos os filtros são iguais?
Não. Esta é uma idéia que foi divulgada de forma errada. O filtro solar com FPS 15 bloqueia a maior parte dos raios UV e o aumento do FPS realmente aumenta pouco o bloqueio destes raios.

No entanto, como explicado acima, usando um filtro solar com FPS 15 a pele levará 15 vezes mais tempo para ficar vermelha e usando um filtro com FPS 60, levará 60 vezes mais tempo. Se o tempo para a pele ficar vermelha aumenta, significa que protege mais e melhor.


Como devo escolher o FPS do meu filtro solar?
O filtro solar deve proteger a pele evitando o dano causado pela radiação solar. Se o filtro que você utiliza permite que sua pele fique vermelha após a exposição ao sol, isto é sinal de que a proteção não está sendo eficaz. Neste caso, você deve aumentar o FPS ou então reaplicar o filtro solar com um intervalo menor.

O fator mínimo para uma proteção adequada é o FPS 15, aplicando o filtro generosamente sempre 20 a 30 minutos antes de se expor ao sol e reaplicando a cada 2 horas.

Entretanto, como o FPS é determinado em laboratórios, sob condições especiais, recomenda-se dar uma margem de segurança, usando sempre um filtro solar com FPS igual ou maior que 30.


"Oil free"? Hipoalergênico? Entenda seu filtro solar.
A linguagem utilizada nos rótulos dos filtros solares muitas vezes deixa o consumidor confuso na hora da compra. Aprenda abaixo o que significam os termos mais frequentes e escolha aqueles mais indicados ao seu tipo de pele:

• Anti UVA e UVB: filtros que protegem contra os raios ultravioleta A e ultravioleta B.

• Hipoalergênico: utiliza substâncias que geralmente não provocam alergias.

• Livre de PABA ou "PABA Free": filtros que não contém a substância PABA, que tem alto poder de causar alergias.

• Livre de óleo ou "oil free": filtros cujos veículos não contém substâncias oleosas. São os mais indicados para pessoas de pele oleosa ou com tendência à formação de cravos e espinhas.

• Não comedogênico: filtros que não obstruem os poros, evitando assim a formação de cravos. São também indicados para pessoas de pele oleosa e com tendência à formação de cravos e espinhas.


Atenção: filtro solar que protege não deixa queimar.


CHRISTIANO NICOLODI
FARMACEUTICO E BIOQUIMICO
CRF 9630

Galeria de fotos


APROVETE O MELHOR DO SOL, PROTEGENDO SUA PELE!


O sol é o principal responsável pelo envelhecimento da pele e pelo surgimento do câncer. Especialmente durante o verão, devido às férias, ficamos mais tempo ao ar livre e expostos ao sol, aumentando o risco de queimaduras solares. Exatamente nesta época, o ultravioleta B, principal causador do câncer da pele, apresenta maior intensidade, por isso, todos os cuidados devem ser tomados para evitar a ação danosa do sol.


Seguindo as orientações abaixo, você poderá aproveitar o melhor do sol protegendo sua pele:

1. Evite exposições prolongadas e repetidas ao sol. Queimaduras solares acumuladas durante a vida predispõem ao câncer da pele.

2. Evite expor-se ao sol nos horários próximos ao meio-dia. O horário entre 10 e 16 horas têm grande incidência de raios ultra-violetas B, principais responsáveis pelo surgimento do câncer da pele. Procure a sombra neste período.

3. O bronzeamento ocorre gradativamente, após os primeiros dias de exposição. A pele leva 48 a 72 horas para produzir e liberar a melanina, pigmento que dá cor à pele. Portanto, não adianta querer se bronzear em um só dia. Ficar muito no sol não vai acelerar este processo. Você só vai se queimar e as queimaduras promovem danos irreversíveis para a pele.

Você não quer ficar assim, quer?

4. Use sempre barracas de praia, bonés, viseiras ou chapéus. Cerca de 70% dos cânceres da pele ocorrem na face, proteja-a sempre. Não se esqueça de proteger os lábios e as orelhas. As barracas devem ser grossas, para bloquear bem a passagem do sol.

5. Aplique generosamente o filtro solar, 20 a 30 minutos antes de sair ao sol. Este é o tempo necessário para a estabilização do protetor solar na pele, de modo que sua ação ocorra com maior eficácia. Faça isso de preferência em casa, sem pressa. Lembre-se de reaplicar o filtro a cada 2 horas ou após mergulhar.

6. Use filtro solar com FPS 15 ou maior. FPS é a abreviação de Fator de Proteção Solar e significa que usando um filtro com FPS=15 sua pele levará 15 vezes mais tempo para ficar vermelha do que sem proteção. Pessoas de pele muito clara ou que tenham sardas, devem usar filtros com FPS 25 ou maior para garantir uma melhor proteção.

7. Peles claras e pessoas ruivas exigem maiores cuidados, pois são mais propensas ao câncer da pele. Pessoas de pele muito clara raramente se bronzeiam, portanto não insista em querer se bronzear, você só vai se queimar e danificar sua pele.

8. Mormaço também queima. Não se engane. Mesmo nos dias nublados, até 80% da radiação ultravioleta pode atravessar as nuvens e chegar à Terra. Portanto, use filtros solares também nesses dias.

9. Filtro solar deve ser usado diariamente. Se você se expõe ao sol diariamente, mesmo que não seja na praia, use filtro solar nas áreas expostas para evitar o dano solar que se acumula durante os anos de vida.

10. A proteção das crianças é responsabilidade dos pais! Proteja as crianças e estimule os adolescentes a se protegerem. Este é um hábito que deve ser formado desde cedo. Cerca de 75% da exposição solar acumulada durante a vida ocorre até os 20 anos de idade, sendo muito importante a proteção solar nesta época da vida


CHRISTIANO NICOLODI
FARMACEUTICO E BIOQUIMICO
CRF 9630

Galeria de fotos


O QUE É ALERGIA?


O que é alergia?
Alergia é uma reação exagerada do sistema imunológico (envolvido na defesa do organismo) contra uma substância (alérgeno) que normalmente é inofensiva para as pessoas não alérgicas.


Quem se torna alérgico?
Qualquer pessoa pode desenvolver um quadro alérgico, embora a probabilidade aumente se um ou ambos os pais apresentarem algum tipo de alergia. Aproximadamente 20% da população mundial sofrem de alguma alergia.


Quais são os tipos de alergia?
As mais freqüentes são: asma, rinite, doenças alérgicas de pele, conjuntivite, alergias alimentares e alergias a picadas de insetos.


Como a pessoa desenvolve a alergia?
É necessário ter contato com o alérgeno, que é uma substância estranha ao organismo e provoca uma reação do sistema imunológico. Na pessoa alérgica, o sistema imunológico reconhece substâncias inofensivas como se fossem perigosas para o corpo e acaba reagindo contra elas.


Quais são os alérgenos mais freqüentes?
Os principais alérgenos aqui no Brasil são a poeira doméstica e os ácaros. Um alérgeno importante na época da primavera é o pólen das árvores, causando piora dos sintomas nesta estação. Outros alérgenos importantes são: os fungos (mofo), os pelos de animais (principalmente cão e gato), a fumaça, as alterações climáticas e os alimentos (principalmente leite de vaca, amendoim, ovos e peixes).


Quando devo procurar tratamento médico?
As alergias afetam a qualidade de vida. Alergias que não são corretamente tratadas podem levar a problemas de sono, dificuldade de concentração, diminuição da habilidade de aprender, halitose e problemas ortodônticos. Alergias constantes fazem você se sentir cansado e esgotado. É comum que pessoas alérgicas desenvolvam infecções nos seios da face (sinusite), na garganta e na orelha. Alergias alimentares, alergias a medicamentos e alergias a picadas de insetos podem até causar choque anafilático, uma condição potencialmente fatal.


Qual o tratamento medicamentoso para as alergias?
O tratamento de uma alergia começa com a identificação dos alérgenos causadores do problema. Há vários testes que seu médico pode recomendar para identificar os alérgenos. Depois que os exames tiverem sido concluídos, pode-se recomendar um tratamento:

Os anti-histamínicos são os medicamentos usados mais comumente em caso de alergias respiratórias e de pele. Eles bloqueiam a ação de substâncias químicas chamadas histaminas, produzidas pelo corpo em resposta à presença de uma alérgeno..

Os descongestionantes diminuem a congestão nasal e o inchaço ao comprimir os vasos sanguíneos nas membranas nasais, permitindo assim que o muco seja expelido de forma mais eficaz.

A tendência tem sido usar cada vez mais medicamentos com esteroides. São anti-inflamatórios poderosos e quando usados como sprays nasais, os esteróides tendem a ser bem tolerados e seguros, e podem ser muito eficazes. Entretanto, esta classe não deve ser usada por longos períodos de tempo devido à tolerância e risco de efeitos adversos graves.


Consulte seu médico antes de administrar um medicamento. Alguns medicamentos não são recomendados para crianças com menos de dois anos.



Alline Danielli Pedersen
Farmacêutica – CRF 8975

MEDICAMENTOS GENÉRICOS


 O que são?
São medicamentos que têm as mesmas características e produzem no organismo os mesmos efeitos que um medicamento de marca, mas não têm nome comercial e são vendidos pelo princípio ativo (substância que produz os efeitos terapêuticos).

Os medicamentos genéricos passam por rigorosos testes de qualidade antes de terem seu registro e comercialização autorizados, por isso, têm a mesma qualidade que o medicamento de referência e vão produzir no organismo os mesmos efeitos.

Esses testes de qualidade são obrigatórios por lei e por esse motivo o medicamento não é liberado da fábrica sem eles.


Por que os genéricos são mais baratos?
São mais baratos por serem cópias de medicamentos já conhecidos e não precisam de investimento em pesquisa para o seu desenvolvimento.


É possível trocar um medicamento de referência por um genérico?
Sim. Essa troca deve ser orientada pelo médico que prescreveu a receita ou indicada pelo farmacêutico, no momento da venda, mas nunca pelo balconista da farmácia.


Como identificar um genérico?
Pela embalagem que sempre traz escrito: “Medicamento Genérico – Lei 9.787/99” e uma tarja amarela com a letra G de genérico.



FARMACÊUTICO E BIOQUÍMICO
CHRISTIANO NICOLODI CRF-9630

Galeria de fotos


MEDICAMENTOS GENÉRICOS


 O que são?
São medicamentos que têm as mesmas características e produzem no organismo os mesmos efeitos que um medicamento de marca, mas não têm nome comercial e são vendidos pelo princípio ativo (substância que produz os efeitos terapêuticos).

Os medicamentos genéricos passam por rigorosos testes de qualidade antes de terem seu registro e comercialização autorizados, por isso, têm a mesma qualidade que o medicamento de referência e vão produzir no organismo os mesmos efeitos.

Esses testes de qualidade são obrigatórios por lei e por esse motivo o medicamento não é liberado da fábrica sem eles.


Por que os genéricos são mais baratos?
São mais baratos por serem cópias de medicamentos já conhecidos e não precisam de investimento em pesquisa para o seu desenvolvimento.


É possível trocar um medicamento de referência por um genérico?
Sim. Essa troca deve ser orientada pelo médico que prescreveu a receita ou indicada pelo farmacêutico, no momento da venda, mas nunca pelo balconista da farmácia.


Como identificar um genérico?
Pela embalagem que sempre traz escrito: “Medicamento Genérico – Lei 9.787/99” e uma tarja amarela com a letra G de genérico.



FARMACÊUTICO E BIOQUÍMICO
CHRISTIANO NICOLODI CRF-9630

Galeria de fotos


Convênios
Convênios
  • ›› ACIPLAN
  • ›› AFISVEC
  • ›› AMIL
  • ›› ASBAF
  • ›› ASSEFAZ
  • ›› BRADESCO SAÚDE
  • ›› BRADESCO SAÚDE
  • ›› CABERGS
  • ›› CASF
  • ›› CASSI
  • ›› CORREIOS
  • ›› GEAP
  • ›› IBCM
  • ›› IPE-IBCM
  • ›› IPERGS
  • ›› MAG SAÚDE
  • ›› MEDIAL
  • ›› PARTICULAR
  • ›› SAÚDE CAIXA
  • ›› SAUDE PAS
  • ›› SENER
  • ›› SESEF/PLANSFER
  • ›› SESI
  • ›› SUL AMÉRICA
  • ›› SUS
  • ›› UNIMED ALTO DA SERRA
  • ›› UNIMED INTERCAMBIO
  • ›› VONPAR
  • Convênios com Empresas
    ›› AGRO INDUSTRIAL LAZZARI LTDA ›› AGROBAN AGROINDUSTRIAL LTDA ›› AGROPECUÁRIA SCHIO LTDA ›› AGROSPE AGRO INDUSTRIAL SÃO PEDRO DE VACARIA ›› AMBULATÓRIO SRC LTDA ›› ASSOCIAÇÃO FRANCISCANA SENHOR BOM JESUS ›› BOFF IND. DE AUTO PEÇAS ›› CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE VACARIA ›› CIRCULO OPERÁRIO CAXIENSE ›› CONPLAN ORG. DE SERVIÇOS LTDA ›› CONSTRUÇÕES E COM. CAMARGO CORRÊA ›› FIBROARTE IND. COM. PEÇAS PARA CAMINHÕES LTDA ›› FRUTINI FRUTICULTURA ALIPRANDINI LTDA ›› GLOBOFRUTAS ›› INSTITUTO DEVITA ›› INVENSYS APLLIANCE CONTROLS ›› LIGA DE COMBATE AO CANCER ›› MEDICINA DO TRABALHO ›› NOVAH CIRURGIA PLÁSTICA ›› OCCUPARE MED. E SEG. DO TRABALHO ›› OCCUPARE MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO S/C LTDA ›› PAVIMENTAÇÕES E TERRAPLANAGENS SCHIMITT LTDA ›› PRAX AGROPECUÁRIA LTDA ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM JESUS ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE ESMERALDA ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE JAQUIRANA ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE DOS CAMPOS ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE MUITOS CAPÕES ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAL DA SERRA ›› PREFEITURA MUNICIPAL DE VACARIA ›› PRÓ SALUTE SERVIÇOS P/ A SAÚDE (FATIMA SAÚDE) ›› RASIP ALIMENTOS LTDA ›› RODAROS INDUSTRIA DE RODAS LTDA ›› RONALDO BOFF ›› TRANSPORTES CAVALINHO LTDA ›› VIRTUAL SEGURADORA
    Orientações

    Informações Úteis ao Paciente e Acompanhante


    HORÁRIO DE VISITAS

    - SUS: 12hs às 13hs e 30mim (dois visitantes por vez portando o crachá).
    - UTI: das 11hs às 11hs e 30mim / das 18hs as 18hs e 30mim (um visitantes por horário portando o crachá).
    - CONVÊNIOS E PARTICULARES: das 07hs às 21hs.
    - VISITAS DE CRIANÇAS: somente acima de 12 anos.
    - TROCA DE ACOMPANHANTE: Manhã: 7h às 8h | 11h às 12h - Tarde: 15h as 16h | 18h:30h às 19:30h.

    HORÁRIOS DE TROCAS DE ACOMPANHANTES ENFERMARIAS (SUS)

    - Das 7hs às 9hs.
    - Das 12hs às 14hs.
    - Das 18hs e 30mim às 20hs.
    (A troca será permitida se o acompanhante estiver portando o crachá)

    ACOMPANHANTES NAS ENFERMARIAS (SUS)

    Será permitido acompanhante nas seguintes situações:
    - Idosos (60 anos ou mais)
    - Menores de Idade (menos de 18 anos)
    - Portadores de Deficiência ou Necessidades Especiais
    - Gestantes (após as 20hs só será permitido acompanhante do sexo feminino) - Nos demais casos serão permitidos acompanhantes se for solicitado pelo médico assistente, que deve preencher formulário com justificativa.
    (Em todas as situações citadas acima, somente será autorizado um (01) acompanhante por paciente).

    PESQUISA DE SATISFAÇÃO

    A opinião de nossos clientes é muito importante para melhorarmos nossos serviços.
    Portanto, na alta do paciente, preencha a pesquisa de satisfação, a qual deverá ser depositada na urna da portaria, ao sair do hospital.

    ESTACIONAMENTO

    O estacionamento é 24h. Caso necessite, informe-se na guarita.

    OUVIDORIA

    O Hospital dispõe de um serviço de ouvidoria para sugestões e/ou reclamações, localizado próximo à portaria.

    ORIENTAÇÕES GERAIS

    - Não é permitido entrar no Hospital com alimentos e bebidas de qualquer espécie.
    - A apresentação do Cartão Nacional de Saúde é obrigatória em qualquer tipo de atendimento.

    Corpo Clínico

    Se você procura por um profissional específico no corpo clínico do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, faça uma busca pela especialidade:


      PESQUISAR


  • ▶ ADEMAR TREVISAN - Pediatria
  • ▶ AIRTO COSTANZI - Medicina Interna
  • ▶ AIRTON FERREIRA PEREIRA NETO - Cirurgia Buco Maxilo Facial
  • ▶ ALEXANDRE RIGO VISENTIN - Neurologia
  • ▶ ANAHIDA GUERREIRO ROSA - Nutrologa
  • ▶ ANTONIO FRANCISCO BORTOLON - Pediatria
  • ▶ ANTONIO S. P. XAVIER - Clínica Médica
  • ▶ ARIVALDIR BORGES OLIBONI - Ortopedia
  • ▶ ATILIO COSTANZI - Pediatria
  • ▶ CARLOS EDUARDO BOAMAR - Clínica Médica
  • ▶ CARLOS J. MOREIRA JÚNIOR - Patologia
  • ▶ CASSIANO ADAMES PACHECO - Cirurgião Dentista
  • ▶ CASSIO VIEIRA COSTA FILHO - Ginecologia
  • ▶ CELIA MENDES CORREIA - Ginecologia
  • ▶ CESAR G. MOREIRA - Cirurgia Buco Maxilo Facial
  • ▶ CLEWER JACOBY SCHULER - Medicina Interna
  • ▶ CRISTIANO DE C. ANTONINI - Clínica Médica Cirurg Urologia
  • ▶ DENIS PAIM CIPRIANI - Anestesiologia
  • ▶ DIRCEO TREVISAN - Ginecologia
  • ▶ DORCI DA S. FERREIRA - Clínica Médica
  • ▶ ENDERSON CARLOS ZULIANELLO DA SILVEIRA - Clínica Médica
  • ▶ EVANDRO MULITERNO - Cirurgia Buco Maxilo Facial
  • ▶ FÁBIO LEMOS MACEDO - Medicina Interna
  • ▶ FABIO MIGUEL - Oncologia
  • ▶ FABRÍCIA SCHIO - Otorrinolaringologia
  • ▶ FELISBINO LISBOA BOEIRA - Ginecologia
  • ▶ FLAVIO LUIZ NERY - Clínica Médica
  • ▶ FLAVIO MAURI GUAZZELLI - Pediatria
  • ▶ FRANCISCO GIOVANI BATALHA - Medicina Interna
  • ▶ FRANCISCO GUERREIRO BATALHA FILHO - Clínica Médica
  • ▶ GEORGE ARTHUR MATOS SILVESTRE - Oftalmologia
  • ▶ GERALDO C. DEBONI - Clínica Médica
  • ▶ GERALDO SPINELLI GRAZZIOTIN - Ginecologia
  • ▶ GETULIO PAIM DE ANDRADE - Clínica Médica
  • ▶ GILBERTO ANTONIO CRIPPA - Cirurgia Vascular
  • ▶ GLENIO A. DA SILVA - Clínica Médica
  • ▶ GRAZIELE VIAPIANA - Clínica Geral
  • ▶ GUILHERME DE S. P. MADRUGA - Cirurgia Geral
  • ▶ GUSTAVO GHEDINI - Traumatologia
  • ▶ HELIANDRO ABREU ROSA - Plástica
  • ▶ IVAN GRUJICIC MARCELJA - Clínica Médica
  • ▶ JANAÍNA SIMÕES PIRES SANTOS - Oftalmologia
  • ▶ JANOR FROZI - Oftalmologia
  • ▶ JOÃO ANTONIO XAVIER JACOBY - Ginecologia
  • ▶ JOÃO CESAR BORGES - Geriatria
  • ▶ JOAQUIM BOEIRA DE VARGAS - Clínica Médica
  • ▶ JONATAS ACCIOLY SOUZA FILHO - Ortopedia
  • ▶ JOSE INACIO BOCHESE - Ortopedia
  • ▶ JOSÉ LUIZ VIAL FELIPPI - Gastroenterologia
  • ▶ JOSEANE SANTOS DA COSTA - Pediatria
  • ▶ JOSEMAR ANTONIO SPIRONELLO - Cirurgia Buco Maxilo Facial
  • ▶ JUCIR DA ROSA MICHELON - Obstetrícia
  • ▶ KATIA DE ALENCAR RODRIGUES - Pediatria
  • ▶ LEANDRO CAON MARTINI - Cirurgica
  • ▶ LENISE L. DO NASCIMENTO - Medicina Interna
  • ▶ LEOVEGILDO GUAZELLI NETO - Cardiologia
  • ▶ LILIANE F. DA S. FELLIPI - Dermatologia
  • ▶ LUCIANE DAROS BATALHA - Ginecologia
  • ▶ LUIZ AUMOND - Anestesiologia
  • ▶ LUIZ FERNANDO DE ABREU JUNIOR - Gastroenterologia
  • ▶ MAICON DE OLIVEIRA - Pediatria
  • ▶ MARCEL NASCIMENTO MARTINS - Traumatologia
  • ▶ MARCIA ARAUJO LEITE - Clínica Médica
  • ▶ MARCIO GASPERIN WANDERLEY - Radiologia
  • ▶ MARCO ANTONIO MAHFUS - Clínica Médica
  • ▶ MARIA TERESA AQUINO GUAZZELLI - Pediatria
  • ▶ MARIANA VARASCHIN SOLDATELLI - Cirurgião Dentista
  • ▶ MARIO GERMANO B WANDERLEY - Clínica Médica
  • ▶ MARIO GOLIN COSTA - Ortopedia
  • ▶ MATEUS DA S BORGES - Clínica Médica
  • ▶ MATEUS JOSÉ DA LUZ - Cirurgia Vascular
  • ▶ MAXIMILIANO G. BATALHA JUNIOR - Oftalmologia
  • ▶ MAXIMILIANO GUERREIRO BATALHA - Oftalmologia
  • ▶ NAIR RIBEIRO DO NASCIMENTO - Ginecologia
  • ▶ NEDIO ATOLINI JUNIOR - Clínica Médica
  • ▶ NEIVA JORDANI BORGES - Dermatologia
  • ▶ OSCAR G. WINTER NETO - Clínica Médica
  • ▶ OSVALDO LUIZ BORTOLON - Pediatria
  • ▶ OTAVIO AUGUSTO DUARTE SILVEIRA - Otorrinolaringologia
  • ▶ PABLO MANOZZO TREVISOL - Clínica Médica
  • ▶ PATRICIA MOREIRA BOM ALVES - Clínica Médica
  • ▶ PAULO KASPER DE QUADROS - Cirurgica
  • ▶ PEDRO BRUNO FETT - Cirurgica
  • ▶ RAQUEL MENON LOVATEL - Infectologista
  • ▶ RENAN AUGUSTO FRANCIOSI - Clínica Médica
  • ▶ ROBERTA MATTEI JACOBY - Anestesiologia
  • ▶ RONALDO CUNHA DIAS - Cirurgica
  • ▶ ROSILENE MARTINS BARBOSA - Radiologia
  • ▶ SABINO VEREMZUK XAVIER - Radiologia
  • ▶ SANDRA TODESCHINI BORTOLON - Ginecologia
  • ▶ SEBASTIÃO L. AZAMBUJA SANTOS - Anestologia
  • ▶ SERGIO DA SILVA COSTA - Neurologia
  • ▶ SÉRGIO GOMES - Clínica Médica
  • ▶ THADEU MANOEL DE PAULA - Cardiologia
  • ▶ THIAGO O. SANTOS - Ginecologia
  • ▶ TIAGO BERNARDI FRANCO - Cirurg Urologia
  • ▶ TITO LÍVIO MOREIRA - Ginecologia
  • ▶ TOBIAS TREVISAN - Cirurgia Buco Maxilo Facial
  • ▶ TULIO TREVISAN - Oncologia
  • ▶ UBIRATAN DE AZEVEDO - Psiquiatria
  • ▶ VALÉRIA CZEKASKI HADLICH - Clínica Médica
  • ▶ VOLMAR PISANI - Anestesiologia
  • ▶ WILIM MARCELJA - Ortopedia
  • NOSSA ESTRUTURA

    Nova Unidade de Internação Convênios e Particulares


    A nova Unidade de Internação Adulto objetiva adequar e qualificar os espaços da antiga estrutura existente com capacidade para 25 leitos. Os banheiros para pacientes contarão com unidade adaptadas proporcionando mais conforto ao paciente que assim necessitar.

    Novas instalações do Centro Cirúrgico, Centro Obstétrico, Centro de Material Esterelizados


    O projeto do Centro Cirúrgico, do Centro de Parto Normal e da Central de Material Esterilizado objetiva adequar e qualificar o Hospital dentro do preconizado pela boa técnica e dentro da ótica da Resolução de Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária n°50 e RDC N° 36 tendo em vista a atual situação às demandas locais. Se pretende, igualmente, através das reformulações propostas, oferecer espaços otimizados para atender, da melhor maneira possível, o paciente que será submetido a um procedimento cirúrgico, seja ele eletivo, ou de urgência, propiciando à equipe cirúrgica todas as condições de atendimento e ao paciente a garantia de um atendimento seguro.

    O projeto contempla a Unidade de Centro de Parto Normal com características de área aberta, sendo nele realizados o acolhimento, recepção e admissão de parturientes, pré-parto, parto normal e pós-parto (quarto PPP). Todo procedimento de parto cirúrgico se realizará no centro cirúrgico. Ao Lado da Unidade de Centro de Parto Normal está previsto um quarto semi-privativo para internação materna e de recém-nascido após a primeira hora de dequitação.

    Galeria de fotos


    Agência Transfusional


    O Hospital Nossa Senhora da Oliveira conta com uma Agência Transfusional que presta serviços em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, o Hemocentro Regional de Caxias do Sul (HEMOCS), Banco de Sangue de Caxias do Sul e as Secretarias Municipais de Saúde da Microrregião.

    Quem pode doar sangue:

    - Pessoas com idade entre 16 e 69 anos 29 dias e 11 meses (16 e 17 anos 29 dias e 11 meses com autorização formal do responsável legal);

    - Estar saudável;

    - Peso igual ou superior a 50Kg;

    - Apresentar documento oficial com foto;

    - Não ser portador do vírus da Hepatite B ou C, Sífilis, Doença de Chagas, HIV (AIDS);

    - Não apresentar risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;

    - Em caso de mulheres não estar grávidas ou amamentando;

    - Não ter realizado tatuagem ou maquiagem definitiva, colocação de piercing nos últimos 12 meses;

    - Não ter realizado cirurgia ou transfusão nos últimos 12 meses;

    - Não ter realizado procedimentos endoscópicos nos últimos 6 meses;

    - Vacinas obedecer a um intervalo de 30 dias.

    Os candidatos interessados em realizar doação de sangue se faz necessário cadastramento prévio junto a Agência Transfusional.


    O consumo médio do Hospital Nossa Senhora da Olivera é de 130 bolsas de sangue por mês, para isto necessitamos da colaboração da Comunidade Vacariense e da Microrregião na reposição dos estoques junto aos nossos fornecedores.


    A captação de doadores de sangue é desenvolvida em parceria entre o Hospital e a Secretaria Municipal de Saúde de Vacaria, os quais são responsáveis pela organização, realização e manutenção das campanhas durante o ano.

    “Todos os tipos sanguíneos são necessários e bem vindos, venha fazer parte deste grupo ajudando a salvar vidas.”

    Galeria de fotos


    UTI


    Prestar um atendimento rápido, seguro, eficiente e humanizado sempre foi o diferencial que norteou o crescimento do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, fornecendo hoje à população vacariense e da região uma moderna e bem equipada UTI. Possui um amplo espaço, contando com 10 leitos, sendo um deles um isolamento, todos equipados com tecnologia de ponta com monitores multipamêtricos, ventiladores de suporte, CPAP, ventilador de transporte, bombas infusoras, máscaras de ventilação, camas elétricas, maca para transporte, dentre outros para oferecer ao nosso cliente segurança, conforto e qualidade nos momentos difíceis.

    É uma UTI tipo II, classificada pelo Ministério da Saúde tendo com isto mais resolutibilidade no atendimento, pois além de atender à população local, também é referência para mais 11 municípios dos Campos de Cima da Serra. Contamos com serviços de apoio formado por radiologia, tomografia, laboratório e agência transfusional. A equipe que atua neste setor é multiprofissional, formada por médicos intensivistas e especialistas em terapia intensiva, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, dentre outros, os quais estão sempre envolvidos em treinamentos técnicos e tecnológicos para melhor atender os clientes.

    A UTI centraliza recursos materiais e humanos numa área hospitalar destinada a receber pacientes graves que necessitam de observação constante e de cuidados específicos e de alta complexidade. O enfermeiro, nesse contexto, é o responsável pelo gerenciamento da assistência de enfermagem ao paciente internado e, também, à sua família. Além disso, ações, como treinamentos constantes para os colaboradores em atendimentos diferenciados aos clientes, fazem parte do esforço de humanização do Hospital Nossa Senhora da Oliveira.

    Galeria de fotos


    Hospital inaugura nova Cafeteria


     No dia 28 de outubro de 2014, o Hospital Nossa Senhora da Oliveira inaugurou a nova Cafeteria, pensando no bem estar e comodidade do Corpo Clínico, Funcionários e Clientes.

    Um espaço totalmente planejado e elaborado para atender as necessidades de todos, conta com uma estrutura moderna, além de um agradável ambiente de convivência.

    Galeria de fotos


    Centro de Atendimento Ambulatorial


     

    Galeria de fotos


    Hemodiálise


     O serviço de Hemodiálise surgiu em 14 de maio de 1992 no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, para atender pacientes portadores de Insuficiência Renal Crônica (IRC) que residem no município de Vacaria e região.

    Com o passar dos anos o serviço cresceu, tornando – se um setor de Nefrologia onde oferece além da hemodiálise outra modalidade de tratamento chamada de diálise peritoneal.

    Galeria de fotos


    SERVIÇOS

    Agência Transfusional


    Este espaço traz informações sobre serviços realizados pela Agência Transfusional do Hospital Nossa Senhora da Oliveira em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Vacaria, o Hemocentro de Caxias do Sul (HEMOCS), Banco de Sangue de Caxias do Sul e Secretarias Municipais de Saúde da Microrregião.

    Aqui você pode esclarecer suas dúvidas sobre doação de sangue e saber onde e quando você pode doar.

    Perfil do Doador:

    . Ter idade entre 16 e 67 anos 29 dias e 11 meses;
    . Ter peso igual ou superior a 50 Kg;
    . Ser Saudável;
    . Não ser portador do vírus da Hepatite B ou C, Sifílis, Doença de Chagas, HIV, (Aids);
    . Em caso de mulheres: não estar grávida ou amamentando;
    . Não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva, nos últimos 12 meses;
    . Não ter realizado cirurgias ou transfusão de sangue nos últimos 12 meses;
    . Não pode doar quem teve contato sexual com multiplus parceiros nos ultimos 12 meses;
    Seja Honesto na prestação das Informações.

    Benefícios Gratuitos para o Doador:

    . Pré Triagem - Verificação de peso, altura, temperatura e teste de anemia;
    . Exames laboratoriais;
    . Determinação do Grupo Sangüíneo e Fator Rh;
    . Coleta: você doará no máximo 470 ml de sangue;
    . Lanche para a reidratação;
    . Materiais descartáveis que garantem segurança total na doação;
    . Orientação e encaminhamento para o tratamento de qualquer doença identificada;
    . Grande estima por estar ajudando a salvar diversas vidas.
    . Inscrição Gratuita em Concurso Municipal com a apresentação de Documento de comprovação de Doação;
    . A Legislação Vigente preve uma folga abonada ao doador uma vez por ano;

    Esclarecimentos:

    Doar Sangue:
    - Não vicia;
    - Não engorda;
    - Não emagrece;
    - Não afina o sangue;
    - Não engrossa o sangue.

    Orientações para o dia da doação:

    . Ter feito uma refeição leve antes da doação;
    . Não estar hipertenso ou hipotenso;
    . Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas doze horas;
    . Não fumar duas horas antes da doação;
    . Não apresentar sintomas de anemia, gripe, febre ou convulsão (Epilepsia);

    Prazo para nova doação:

    . Homens: 70 dias, não ultrapassando a 4 doações nos últimos 12 meses;
    . Mulheres: 100 dias, não ultrapassando a 3 doações nos últimos 12 meses.

    Documentação necessária para efetuar o cadastro:

    . Documento de Identidade;
    . Carteira de Motorista;
    . Carteira de Trabalho;
    .Ou qualquer outro documento oficial com foto;


    "UMA DOAÇÃO PODE SALVAR ATÉ 4 VIDAS"


    Agência Transfusional:
    Hospital Nossa Senhora da Oliveira
    Rua: Pinheiro Machado, 448- 2º andar- Centro.
    Telefone: 3231-7000 Ramal 290
    Horário de Atendimento: 24hs

    Galeria de fotos


    Agência Transfusional


    Este espaço traz informações sobre serviços realizados pela Agência Transfusional do Hospital Nossa Senhora da Oliveira em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Vacaria, o Hemocentro de Caxias do Sul (HEMOCS), Banco de Sangue de Caxias do Sul e Secretarias Municipais de Saúde da Microrregião.

    Aqui você pode esclarecer suas dúvidas sobre doação de sangue e saber onde e quando você pode doar.

    Perfil do Doador:

    . Ter idade entre 16 e 67 anos 29 dias e 11 meses;
    . Ter peso igual ou superior a 50 Kg;
    . Ser Saudável;
    . Não ser portador do vírus da Hepatite B ou C, Sifílis, Doença de Chagas, HIV, (Aids);
    . Em caso de mulheres: não estar grávida ou amamentando;
    . Não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva, nos últimos 12 meses;
    . Não ter realizado cirurgias ou transfusão de sangue nos últimos 12 meses;
    . Não pode doar quem teve contato sexual com multiplus parceiros nos ultimos 12 meses;
    Seja Honesto na prestação das Informações.

    Benefícios Gratuitos para o Doador:

    . Pré Triagem - Verificação de peso, altura, temperatura e teste de anemia;
    . Exames laboratoriais;
    . Determinação do Grupo Sangüíneo e Fator Rh;
    . Coleta: você doará no máximo 470 ml de sangue;
    . Lanche para a reidratação;
    . Materiais descartáveis que garantem segurança total na doação;
    . Orientação e encaminhamento para o tratamento de qualquer doença identificada;
    . Grande estima por estar ajudando a salvar diversas vidas.
    . Inscrição Gratuita em Concurso Municipal com a apresentação de Documento de comprovação de Doação;
    . A Legislação Vigente preve uma folga abonada ao doador uma vez por ano;

    Esclarecimentos:

    Doar Sangue:
    - Não vicia;
    - Não engorda;
    - Não emagrece;
    - Não afina o sangue;
    - Não engrossa o sangue.

    Orientações para o dia da doação:

    . Ter feito uma refeição leve antes da doação;
    . Não estar hipertenso ou hipotenso;
    . Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas doze horas;
    . Não fumar duas horas antes da doação;
    . Não apresentar sintomas de anemia, gripe, febre ou convulsão (Epilepsia);

    Prazo para nova doação:

    . Homens: 70 dias, não ultrapassando a 4 doações nos últimos 12 meses;
    . Mulheres: 100 dias, não ultrapassando a 3 doações nos últimos 12 meses.

    Documentação necessária para efetuar o cadastro:

    . Documento de Identidade;
    . Carteira de Motorista;
    . Carteira de Trabalho;
    .Ou qualquer outro documento oficial com foto;


    "UMA DOAÇÃO PODE SALVAR ATÉ 4 VIDAS"


    Agência Transfusional:
    Hospital Nossa Senhora da Oliveira
    Rua: Pinheiro Machado, 448- 2º andar- Centro.
    Telefone: 3231-7000 Ramal 290
    Horário de Atendimento: 24hs

    Galeria de fotos


    Serviço Social


    O setor de Serviço Social desenvolve ações conjuntas com outras equipes, a partir de uma visão voltada à recuperação da saúde, melhoria da qualidade de vida, acesso aos direitos sociais e, consequentemente, à expansão do exercício da cidadania.

    Entre as principais atividades desenvolvidas pelo Serviço Social destacam-se: captação de doadores de sangue; incentivo ao aleitamento materno; atendimento a todos os pacientes advindos do ambulatório ou unidades, quando estes necessitam de acompanhamento, apoio, orientação, esclarecimento, de avaliação psicossocial; acompanhamento nos casos de adoção; localização de familiares de pacientes em atendimento no serviço; atendimento de pacientes e familiares apoiando, orientando e esclarecendo; agilização de transferência e alta hospitalar; orientação a respeito de ambulâncias; acompanhamento de parturientes no enfrentamento da maternidade frustrada; participação em comissões, comitês e grupos de trabalho.


    Assistente Social Andressa C. da Costa

    Berçário


    Dispomos de um ambiente agradável e com temperatura ideal para proporcionar conforto ao recém-nascido durante seus primeiros dias de vida. As enfermeiras responsáveis pelos cuidados com os bebês em suas primeiras horas de vida, estão preparadas para tratá-los com muito carinho e atenção.


    Neste ambiente, além da higiene e do curativo no coto umbilical, os bebês recebem a primeira avaliação pediátrica e a vacina da hepatite B. O pai acompanha o primeiro banho, após o bebê é encaminhado ao quarto com a mãe, onde é realizada a orientação a amamentação e os cuidados com o recém – nascido. 

    Ecografia



    O setor de Ecografia conta com novo equipamento de alta tecnologia, capaz de realizar exames ecográficos convencionais, abdominal, renal, pélvico, ginecológico, trans vaginal, proporcionando maior acuidade de diagnóstico.

    Galeria de fotos


    Educação Continuada



    A educação continuada é um dos objetivos do hospital, que em parceria com os serviços de apoio como a SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar), realiza encontros quinzenais com a participação do corpo clínico, cirúrgico, obstétrico, pediátrico e de enfermagem, cujo objetivo é manter os colaboradores da instituição em constante aperfeiçoamento visando a melhoria do atendimento aos pacientes.

    A escolha dos temas é realizada através das necessidades para o aperfeiçoamento do pessoal, observação contínua nos setores e das solicitações de chefias.


    Endoscopia Colonoscopia


    O centro de Endoscopia Digestiva é responsável pelos diagnósticos e procedimentos terapêuticos relativos aoa aparelho digestivo. Exames como Colonoscopia, Endoscopia Digestiva Alta e Retosigmoiendoscopia são realizados realizados diariamente para a avaliação de pacientes que apresentam distúrbios e dores no trato digestivo.

    O Centro de Endoscopia Digestiva possui especialistas reconhecidos pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva e atende a pacientes de convênios e particulares.

    Hemodiálise


    Atende desde 14 de maio de 1992 a população de Vacaria e da microrregião dos Campos de Cima da Serra. A implantação deste serviço veio em benefício a população que se deslocava diariamente a centros maiores para poder receber atendimento no programa de hemodiálise. Em 2003 o setor recebeu uma nova estrutura física bem como equipamentos modernos, com tecnologia de ponta, garantindo a eficácia do tratamento e mais segurança aos usuários.

    Hoje dispõe de 20 novas máquinas, que atendem em média 75 pacientes em hemodiálise. O atendimento aos pacientes se dá em dois turnos de segunda-feira à sábado.

    Galeria de fotos


    Hemodiálise


    Atende desde 14 de maio de 1992 a população de Vacaria e da microrregião dos Campos de Cima da Serra. A implantação deste serviço veio em benefício a população que se deslocava diariamente a centros maiores para poder receber atendimento no programa de hemodiálise. Em 2003 o setor recebeu uma nova estrutura física bem como equipamentos modernos, com tecnologia de ponta, garantindo a eficácia do tratamento e mais segurança aos usuários.

    Hoje dispõe de 20 novas máquinas, que atendem em média 75 pacientes em hemodiálise. O atendimento aos pacientes se dá em dois turnos de segunda-feira à sábado.

    Galeria de fotos


    Internação e Recepção


    O HNSO disponibiliza a seus usuários e visitantes o serviço de recepção, que conta com uma equipe qualificada a prestar atendimento adequado às pessoas que chegam até este hospital.

    Os profissionais que nela trabalham estão treinados a prestar informações corretas e precisas a respeito de pacientes internados, horários de visitas e demais informações importantes.

    Juntamente com o setor de recepção funciona o setor de internação, onde são efetuadas as internações e prestadas as primeiras informações ao paciente e acompanhante.

    Laborátorio de Análises Clínicas


    O Laboratório GHEDINI, em parceria com o hospital atende toda a demanda de exames hospitalares bem como ao público externo.

    Mamografia


    Um Hospital que conta com uma gama de serviços completa para mulheres, não poderia deixar de ter o exame de mamografia. Um exame preventivo fundamental no diagnóstico precoce de doenças da mama.

    Oncologia


    Serviço anexo à estrutura hospitalar mantido pelo DeVita de Caxias do Sul. Dispõe de atendimento e tratamento ambulatorial especificados, conta com a coordenação do Dr Fábio Miguel e equipe exclusiva de enfermagem, atendendo a vários convênios.

    Dispõe de uma estrutura moderna, avançados equipamentos, profissionais especializados e a parceria com os principais centros do país, o que permite a oferta de tratamento, pesquisa e prevenção com excelência.

    Pastoral da Saúde


     A Pastoral do Hospital Nossa Senhora da Oliveira conta com um Capelão e uma Coordenadora que trabalham com treze Voluntárias, no atendimento ao doente, todos os dias, transmitindo uma palavra de carinho e conforto.

    Essa pastoral também organiza as missas da comunidade hospitalar, a qual é realizadas todas as quartas-feiras e sábados, bem como a celebração mensal da memória dos falecidos de cada mês.

    A cada três meses, a equipe da pastoral hospitalar participa de um encontro formativo e de confraternização.

    Pediatria


    Destinada ao atendimento de crianças até 12 anos, possui 36 leitos dispostos em enfermarias, semi-privativos e apartamentos. 

    Radiologia - Raio X


    O serviço de diagnóstico por imagem oferece hoje, além do diagnóstico propriamente dito, apoio à terapêutica, cirúrgica e clínica. São realizados vários exames atendendo aos pacientes internados nas 24 horas, também prestando atendimento ambultorial a toda a população. Além dos aparelhos de Raio-X convencionais, são realizados exames simples ou contrastados.

    SCIH


    O Serviço de Controle de Infecção (SCIH) tem como objetivo a prevenção de manifestações patogênicas no ambiente através de orientações e normas profiláticas a todos os profissionais da instituição.

    Atua de forma qualificada promovendo a conscientização para as ações preventivas, estabelecendo medidas de segurança, conforto e bem estar do paciente e colaboradores. Realiza o controle de infecção e tomada de medidas preventivas para atingir níveis baixos de infecção hospitalar, diminuindo o risco de proliferação de doenças infecciosas.

    O SCIH sensibiliza toda a equipe multidisciplinar atuante através de educação continuada onde os colaboradores têm a possibilidade de aprimorar as rotinas e técnicas assistenciais, bem como a utilização racional de antimicrobianos.

    O serviço é composto por uma equipe multiprofissional que, juntos, trabalham em ações educativas como: treinamentos, prevenção e investigação de casos e controle do uso de antibiótico.

    Serviço de Ouvidoria


    A ouvidoria é um espaço democrático implantado para receber sugestões, elogios e/ou críticas do público sobre o atendimento, instalações e serviços oferecidos na instituição, para checar as informações e participar da solução do problema junto com os setores envolvidos.

    É uma ferramenta indispensável para programa de qualidade do HNSO. Seu foco estratégico é a satisfação do usuário nos serviços prestados pela instituição, onde deve ouvir e atender prontamente as reivindicações do paciente/cliente/funcionário/família. É um setor de suma importância, visto que através dele o hospital terá condições de agir para melhorar os pontos fracos, estimular os bons exemplos e implantar novas ideias.

    O Serviço de ouvidoria está disponível nos seguintes horários: de segunda à sexta-feira das 8h às 12h e das 13h 30min às 18 horas.


    Roger Vargas Argenta

    Galeria de fotos


    Tomógrafo SCT-7800 TC


    Dotado de moderna tecnologia em tomografia craniana, torácica, abdominal, vascular de alta precisão. Este equipamento é utilizado em várias indicações clínicas. Proporciona maior segurança ao cliente e resolução à equipe médica.

    Nesse tomógrafo, a administração do contraste é feita manualmente garantindo a qualidade do fluxo e consequente melhora da opacificação das estruturas estudadas.

    Estacionamento


    O Hospital Nossa Senhora da Oliveira dispõe de estacionamento para médicos, funcionários, pacientes e visitantes.

    Estacionamento 24 horas. 

    BEBÊ NA WEB

    LOCALIZACÃO

    TRABALHE CONOSCO

    O Hospital Nossa Senhora da Oliveira disponibiliza, de acordo com suas necessidades, vagas aos profissionais de enfermagem, higienização, nutrição, manutenção, administrativos e demais áreas da saúde.

    O Hospital Nossa Senhora da Oliveira prima pelo cuidado com a vida. Se você se identifica com trabalho em equipe e gostaria de ser nosso colaborador, envie seu currículo.

    Estamos aguardando você!

    FALE CONOSCO

    Utilize o formulário abaixo para entrar em contato conosco
    ◂ Telefone

    Telefone: (54)3231-7000


    hnso@hnso.com.br